segunda-feira, novembro 29, 2010

Umineko OMK: Mais Novidades e Vídeos!



A expectativa só aumenta pro release do fightning game de Umineko, e nos últimos dias mais infos surgiram; vejam a seguir:

Recentemente houve uma preocupação com o equilíbrio de jogo graças ao match mostrado neste vídeo, onde Virgilia começa um spam de Gungnir bem pé no saco. Depois de alguns comentários, a produtora liberou um outro vídeo que mostra várias maneiras de punir a mestra da Beato facilmente; apesar do alcance longo, o golpe é punível razoavelmente pelo resto do cast. E além disso, há o Assault Touch (mais detalhes mais a frente): um movimento universal disponível para todos (parece o Charging Star do Capitão América) que é totalmente invencível e também pode ser usado para se aproximar facilmente. Isso garante que pelo menos, "manhas de noob" como essas não tem muita chance de estragar o game.

Outros detalhes do sistema de jogo foram também revelados: As partidas são de um só round, com uma barra de energia tripla compartilhada pela dupla. Quando zerada, é fim de match. Há Dash (alguns como a Eva-Beatrice dão Air Dash, mas não se sabe 100% ainda se os outros também podem), Dash Cancels, super pulos, e Tech Hit pra agarrões e knockdowns, coisas bem básicas. Já está também confirmado que há cinco botões, sendo três níveis de ataques (fraco, médio e forte), um botão de Tag (aqui chamado de Touch) e um de provocação (que recupera um pouco de HP).

A primeira grande inovação aqui é a forma que funciona a barra de especial (neste caso, SP); ela tem cinco níveis e enche ao se bater e defender ou tomar golpes. Só tem dois detalhes: primeiro, cada membro da dupla tem sua própria barra de SP. E segundo, o personagem que está lutando não ganha nenhum SP pra si, mas para seu parceiro! Por exemplo, se você está com Ange batendo na tela e Lucifer está na reserva, ao trocar de personagem é Lucifer que terá SP disponível para usar; Ange só terá SP pra usar se Lucifer encher barras para ela.

Falando em Lucifer, saiu um exemplo de combo justamente com ela. Ao que parece, se você não se ligar, será arregaçado em segundos. Notem que um combo ser forte é uma coisa, mas conseguir fazer inteiro é outra bem diferente, ainda mais que o jogo tem recursos variados de defesa...

A outra novidade é o Meta World, que lembra um pouco o sistema de Dark Force de Vampire Savior; quando a barra abaixo do timer estiver vermelha do seu lado, você pode ativar o Meta World apertando os três botôes de ataque e gastando 1 SP. Durante a duração do Meta World, as duas habilidades especiais da dupla estarão ativas ao mesmo tempo e você poderá usar Meta Specials à vontade. Como este é um recurso muito poderoso, o oponente pode impedir a ativação gastando 2 SP. Mas você pode insistir gastando mais 2 SP...e o oponente também, gastando mais 3 SP, se os tiver. Se acontecer de você ter ainda 2 SP sobrando, você pode gastá-los pra ativar de vez o Meta World. Mas a cada réplica e tréplica (parece debate político) você terá uma duração menor do Meta World. Eis um vídeo oficial com um exemplo prático.

Fora isso, o sistema de Touch (ou Tag) é bem variado, com cinco variações: Neutra (sem custo em SP e ativa a habilidade de quem saiu para quem entrou), Atacando (gasta 1 SP, funciona como em KOF XI), Defendendo (1 SP, como nos Crossovers da Capcom), quando se leva dano (2 SP, um misto de Tag com o Burst de Guilty Gear & Blazblue) e o Assault Touch (2 SP, investida invencível, já citada acima).

O que pode-se concluir é que o sistema básico de jogo tem muitos mecanismos pra prevenir apelações (com grandes chanches de segurar gameplay de alto nível), incentiva uma boa escolha da dupla com atenção pra sinergia entre ambos (graças as habilidades), e a necessidade de se ter ótimas noções de gerenciamento de recursos (no caso, saber ganhar e gastar sabiamente seu SP). Talvez seja um dos fighting games mais inovadores que tivemos desde o excelente Vanguard Princess.

E confirmado pelos vídeos também é o fato do cast de dublagem do game ser o mesmo do anime, no caso:

Battler - Daisuke Ono (Nameless em KOF 2002 UM, Koizumi em Suzumiya Haruhi)
Beatrice - Sayaka Ohara (Yuko em XXXHolic, Selvaria em Senjou no Valkyria)
Ange - Rina Satou (Negi em Negima, Misaka em To Aru Kagaku no Railgun)
Lucifer - Yuka Saitou (Chizuru em Seitokai no Ichizon,Mai em Saki)
Ronove - Tomokazu Sugita (Ragna em Blazblue, Kyon em Suzumiya Haruhi)
Virgilia - Kikuko Inoue (Belldandy em Oh! My Goddess, I-No em Guilty Gear XX #R)
Eva-Beatrice - Miki Itou (Sachiko em Maria-Sama ga Miteru, Fuyumi em Saikano)
Chiester410 - Eri Kitamura (Juri em Super SF4, Eve em Needless)
Shannon - Rie Kugimiya (Shana em Shakugan no Shana, Nena Trinity em Gundam 00)
Kanon - Yuu Asakawa (Setsuna em Negima, base da voz para a Vocaloid Megurine Luka)

Ainda há especulações sobre os dois espaços extras na tela de seleção; tudo aponta para Bernkastel e Lambdadelta, mas se este game seguir de fato os quatro primeiros capítulos do Sound Novel (e a série de anime), há uma chance de serem Kinzo (ou melhor, Goldsmith) e Gaap os dois restantes. Por hora, é especulação apenas...

Mas só quando o game sair agora no final do ano teremos a confirmação absoluta de que teremos um game tão bom como esperamos. Mas que tudo que foi mostrado até agora nos vídeos confirma que o game foi bem planejado, isso é certo.


Ah, claro, nota importante: as notícias sobre este game de Umineko que saírem aqui também estarão disponíveis neste tópico do Fórum Fighters. É uma permissão exclusiva para eles; portanto, todas as demais boards e portais de fighting games do Brasil estão sumariamente proibidas de usar conteúdo e/ou links para conteúdo deste blog.

Mais novidades, assim que elas surgirem...
 

2 comentários:

Anônimo disse...

Hmm...Olha, se for seguir mesmo os 4 primeiros capítulos da novel, provavelmente os dois espaços extras vão ser provavelmente Jessica e George. Claro, seria extremamente legal se colocassem Goldsmith e Gaap, mas ter Shannon e Kannon sem George e Jessica pra fazer "Lover Tag Teams" não seria interessante.

Jessica com soco-inglês reforçado com magia.

George com chutes matadores e barreiras de counter.

Se bem que não poder fazer as lutas Gaap x George e Jessica x Ronove quando são 2 das melhores lutas da primeira parte da novel seria estranho. Espero que todos esses 4 sejam colocados no jogo. Ou, pelo menos, Gaap, Jessica e George.

Nanashi disse...

Ainda não joguei nem assisti Umineko (slow!), mas talvez esse jogo de luta me resolva jogá-lo de uma vez.

Só espero que o jogo seja realmente balanceado e divertido de se jogar, e que não seja só pra fazer dinheiro com a série...