sexta-feira, junho 19, 2009

Rapid Fire News: Pois Atualizar é Preciso!


E agora, mais uma sessão de notícias aleatórias, pois eu sei que vocês amam esse tipo de coisa:

Pra começar, agora que a temporada de animes está acabando e uma nova começando, nem ando muito informado do que termina e o que continua, mas o que mais me interessa é a estréia do anime de Umineko no Naku Koro ni, agora a partir do dia primeiro de julho. E já faço uma aposta: será o melhor dessa temporada, sem dúvidas (a menos que algo muito fora do comum aconteça). Considerando que o anime será produzido pelo mesmo estúdio de Higurashi e vai também contar com a direção de Chiaki Kon, eu aposto com firmeza nisso.

E eis um trailer pra causar um pouco de hype em vocês, caso isso ainda não tenha acontecido...e vou deixar pra começar a jogar os Novels mais tarde (nem fui atrás deles ainda), só pra não perder o impacto do anime...só o que me incomoda um pouquinho é o Daisuke Ono fazendo a voz do Battler...acho ele um baita seiyuu, mas em quase tudo que é papel dele eu me lembro do viado do Koizumi... 


Em se tratando de DS, experimentei Etrian Odyssey, e adivinhem? Viciei! Joguei mais por curiosidade e gostei do esquema de customização (dá até pra montar builds!) o game é um exemplo perfeito de old-school, por isso se você só começou a jogar RPG a partir de FF7, ele pode não agradar. O game é tão retrô que a música do game foi composta por Yuzo Koshiro num PC-88 (sim, onde saíram os Touhou de 1 a 5), só pra aumentar o feeling! Pra quem se interessar, recomendo o fansite Into The Labyrinth, com bastante info sobre os dois games da série. Isso deve dar pra quebrar o galho até sair Diablo 3...pelo menos por algum tempo...

Outro que vem aparecendo de fininho (também pudera, com toda a confusão causada com os rape eroge no Japão, e que vou ter que fazer um resumo em breve) é o OVA de Beat Blades Haruka, produzido pela Milky. Pros sem-vergonhas de plantão (e que já devem ter adivinhado pela produtora) o OVA é “H”, e com H maiúsculo, se seguir o nível do game. Só que uma coisa me incomoda: a maioria esmagadora dos games da Alice Soft (Bigbang Age, a série Rance e obviamente Beat Blades Haruka também) tem uma grande quantidade de events que se enquadram nas novas regras auto impostas pela EOCS (a Sofurin, equivalente a ESRB e CERO pros games “normais”), será que a produtora está numa fria agora? Seja como for, o primeiro OVA sai dia 25 de agosto. Não ponho um vídeo do preview aqui por razões BEM óbvias...


Pra fechar, alguma coisa de Hatsune Miku, pois fazia tempo que eu não postava nada da querida. Eis que dentre os fãs da mais querida das Vocaloids, temos o ilustre quarteto do CLAMP; elas comentaram em seu site que vivem catando vídeos no NicoNico nos intervalos de trabalho. E eis que elas um dia desses elas acharam a música Mugen no Yami, de Shinji Hosoe (que deve ser conhecido por aqui mais pela OST de Street Fighter EX 1 e 2 e pelas várias contribuições em OSTs Arranged, como em Arcana Heart 2 Suggoi Remix e o ótimo Street Fighter Tribute). Elas amaram a música, mas o problema é que o vídeo não tinha imagem alguma, e não acharam isso justo. 

Mas por uma daquelas coincidências do destino, Shinji Hosoe trabalha na Arika (a produtora dos SFEX), onde um velho amigo das garotas do CLAMP trabalha: Ichirou Mihara (o nome é BEM familiar pra quem leu Angelic Layer ou Chobits, não é?). É meio óbvio o que veio depois: elas pediram pra Mihara fazer o contato com Hosoe, e o resultado foi um vídeo com a música, ilustrado por elas, animado por Mihara e cantado pela Miku, feito em um mês no tempo livre delas. O vídeo ganhou o nome Mugen no Yami ―echo of the past e pode ser visto tanto no Nico quanto no Youtube. E realmente, bela música e belas imagens!

Por hora é isso. Mas não vou demorar a fazer novos updates, pois sinto que vem algo interessante em breve...incluindo alguns projetos pessoais^^



segunda-feira, junho 01, 2009

Angel Beats!: Não é Game, é Anime!!!

Surpresa geral...e bota surpresa nisso! Foi revelado na mais recente edição da Dengeki G’s Magazine que Angel Beats!, o novo projeto da Key que todo mundo (até mesmo eu) pensava ser um novo Visual Novel é na verdade uma série de anime! O projeto que conta com roteiro de Jun Maeda e arte de Na-Ga vai contar com produção da Aniplex (a mesma de Hagaren), mas não se sabe ainda qual estúdio ficará a cargo da animação (poderia talvez ser o Kyoto Animation, mas nada é certeza). A Sony Music também está envolvida na produção.

Mas daquilo que realmente interessa (o enredo) já sabemos alguns detalhes: o anime vai se passar no mundo do pós-vida. Por isso, todos os personagens ou são gente que já morreu (eles conheceram o outro mundo por querer?) ou são Anjos (tomara que sem muita viadagem) e todos estão envolvidos em uma batalha de grande escala (Einherjars?), e como é de se esperar, isso vai resultar em muita pancadaria (...Bankai?)...bem, como o Sirlin já disse, “não precisa ser original desde que funcione bem”, não é?^^


Ah, sim...aquela primeira personagem revelada muuuito parecida com "aquela outra" teve o nome revelado: Yuri (apelido: Yurippe, segundo algumas fontes) é líder de uma equipe engajada em vencer essas batalhas (...uma auto-referência?), que tem como símbolo aquele emblema com a frase "Rebels against the God" (lembram do que eu comentei?). E vejam só vocês, o grupo é chamado “SSS”...que coisa, não? 


Esta outra personagem também deu as caras, por enquanto chamada apenas de Angel (literalmente, "Tenshi"), fora o fato que ela ser um tipo de líder dos estudantes (do conselho?) do colégio onde todo acontece, não há maiores detalhes até o momento.

Também foi revelado que o tema do anime será “vida” (em kanji, 人生 ), típico das histórias do Maeda. Só que alguns mais atentos vão se ligar que isso parece um trocadilho (ainda que pra lá de obscuro) com Clannad. Pelo que parece até o momento, Angel Beats vai estar lotado de gags e referências a outras obras, talvez algo num nível leve (como Rurouni Kenshin), médio (Hayate no Gotoku), ou mesmo épico (Pani Poni Dash). Na verdade, ao olhar pra Yurippe, eu já tenho um palpite sobre o “nível” na escala...

Na matéria, Na-Ga também já revelou que já fez o design de mais de 30 personagens pro anime, então isso pode muito bem significar que eles querem fazer uma série longa; pelo menos uma temporada de 13 episódios é certa; talvez eles queiram fazer algo como a Sunrise fez com Code Geass e Gundam 00, largando mais temporadas depois. Seja como for o tamanho da série, espero que eles façam algo decente, bem feito e que valha a pena, o mínimo que se espera de um projeto com o staff da Key envolvido; já basta uma bomba como Blassreiter (da Nitro+). Mas como vai ter porrada e meninas belas (afinal, foi o Na-Ga que fez) as chances de Angel Beats render são elevadas...

Mas... vocês não se tocaram duma coisa? É que, ao menos por hora, as chances de um anime de Little Busters diminuíram exponencialmente...ao menos por hora^^