domingo, março 30, 2008

Mangá de Rozen Maiden Retorna na Young Jump!

Depois de cerca de um ano de ausência, a dupla Peach-Pit (Zombie Loan, Shugo Chara) retoma o mangá de seu primeiro grande sucesso em casa nova. Rozen Maiden teve um final “cortado a facão” na revista Comic Birz (simplesmente Laplace chegou, declarou o Alice Game encerrado e as bonecas entraram em hibernação) e que até teve MUITA razão de ser, pois há rumores de que a dupla de autoras passou por muitas complicações nas mãos do editor. Isso vai desde erros de escrita e pontuação, nomes errados e mesmo a adição de palavras extras no texto...inclusive chamando a Souseiseki de onii-chan! Dizem que o irresponsável chegou ao ponto de perder os originais de um capítulo antes da publicação! Não há mangaká que não fique louco da vida com isso; perder páginas que tanto deram trabalho para ser feitas...

Bom, depois de deixar a Comic Birz (que já caiu no esquecimento, já que Rozen Maiden foi o único mangá de sucesso que saiu lá) agora Shinku e turma retornam nas páginas da Young Jump (onde saem Gantz e Addicted to Curry).Não se sabe ainda a freqüência dos capítulos ou mesmo um novo título, mas a estréia está marcada para a edição 20 da revista (dia 17 de abril pra ser exato). Uma semana antes do anúncio teve uma história curta chamada “Shoujo no Tsukurikata” (Como uma garota é criada), que mostra como Shinku foi criada pelas mãos de Rozen (o “pai” das sete bonecas, pra quem não sabe).

É uma boa que Rozen Maiden seja retomado, ainda mais que depois das duas séries de TV e do OVA da Suigintou muita gente sentiu falta. E não duvido que continue o sucesso na Young Jump. Sendo assim, se tudo rolar bem com o mangá é provável que ano que vem já tenhamos uma nova série de anime ou OVAs.

Ah, claro...eu tenho que fechar este post com um..... DESU! ^^

sábado, março 22, 2008

Kara no Kyoukai: Datas de Release dos DVDs Reveladas!


Tava todo mundo esperando isso! Sem mais delongas, as datas de lançamento dos três primeiros filmes:

Capitulo 1 – Fuukan Fuukei : 21 de maio

Capítulo 2 – Satsujin Kousatsu : 25 de junho

Capítulo 3 – Tsuukaku Zanryuu : 23 de julho

Ainda tem mais sete filmes, e posso apostar que o próximo capítulo (Mujyun Rasen) vai ser um dos melhores, já que Ryogi Shiki vai enfrentar o feiticeiro Araya Souren (que como todos os vilões da Type-Moon vai ser dublado pelo Jouji Nakata^^)...sem contar Touko Aozaki, que vai mostrar que não fica muito atrás de sua irmãzinha...

Ah, a ufotable disse em seu blog que eles vão vender dois livros com os matérias usados na produção dos movies durante os dias 27 e 28 de março do Tokyo International Anime Festival, um dos maiores (se não O maior) festival de animação da indústria do mundo. O curioso é que o stand deles lá vai ser uma réplica do Garan no Dou, o escritório da Touko que aparece nos movies. Legal, né?

Unlimited Blade Works: Segunda Rota de Fate / Stay Night Enfim Traduzida!


Demorou bastante, mas enfim a Mirrormoon liberou o patch de tradução para a segunda das três rotas de Fate/Stay Night! Na rota Unlimited Blade Works é a vez de Rin ser a heroína no lugar de Saber. Como o nome desta rota já dá a entender, Archer tem muita importância nessa rota. E se você achou o Shirou um baita dum bundão no anime, se prepare, pois nesta rota ele aprende a virar homem! Bem, pelo menos fazer um Reality Marble ele aprende..

Duas novidades do patch: primeiro, ele dispensa o uso do applocale para jogar o game (caso você não tenha saco de ficar reiniciando o PC pra mudar o Unicode toda hora). E segundo: se você tiver a versão Realta Nua para PS2, pode inserir vozes no game do PC! Isso explica a demora pra sair esse patch...

Ah, claro: o melhor mesmo é que é a rota da Rin...^^


Sem mais delongas, você pode pegar o patch aqui. Não se esqueça que a rota UBW só aparece depois que você terminar a rota Fate. E depois que terminar a UBW, será a vez da Heaven’s Feel, a rota de Sakura. Mas aí vamos ter que esperar pela Mirrormoon fazer o trabalho dela...

Eu já tenho minha cópia de Fate...será que um certo amigo meu está interessado? Acho que ele deve estar mastigando o teclado de raiva...né, “Mr.B? ^^

domingo, março 09, 2008

RPG em Luto: Gary Gygax Nos Deixou...

Na manhã do último dia 4 deste mês de março, um homem a quem devemos muito do que nós gostamos nos deixou. Ernest Gary Gygax faleceu devido a um ataque cardíaco. Talvez você nunca tenha ouvido falar dele, mas se alguma vez você já rolou um dado de 20 faces você deve a criação do jogo que usa esses dados a ele. Ele, juntamente com Dave Arneson foi o criador de nada mais, nada menos do que Dungeons & Dragons. O primeiro RPG do mundo. Só isso já vale pelo menos um momento de respeito pela memória deste homem.

Gary Gygax além de criar RPGs (fora D&D) também criou jogos de tabuleiro, combate com miniaturas, a até uma variante de xadrez, fora alguns romances e contos de fantasia medieval, gênero que ele amava e foi a principal inspiração para a criação de D&D. Lá no fim da década de 50 ele também criou a primeira GenCon, que veio a se tornar depois o maior evento dedicado a RPGs, wargames, card games e similares dos EUA. Mesmo estando mal de saúde ele não parou nem por um momento de interagir com a comunidade de jogadores em fóruns como a Dragonfoot e a ENWorld.

Nas palavras do próprio Gygax: “Eu gostaria que o mundo lembrasse de mim como o cara que realmente gostava de jogos e de partilhar seu conhecimento e seus divertidos passatempos com todos.”

E muitos de nós lembrarão, Mr.Gygax.

Eu fiz muitos amigos graças ao jogo que ele criou. Ainda que não esteja mais jogando D&D por hora (eu talvez um dia retorne o hábito), conheci grande parte dos que posso chamar de amigos graças a ele (como o Ahlyvan, por exemplo). Bons games também. Pode até ser que RPG de console e computador pareça ter pouco a ver com de mesa (já que não rola interpretação), mas posso dizer que se não fosse por ele não teríamos esses games. E nem toda a diversão e aventura que nos falta no mundo duro e triste que nos cerca, mesmo que só por algumas poucas horas. Nós devemos a ele mais do que poderíamos pagar.

Até um dia, Mr.Gygax. Os Heróis e Vilões, Deuses e Dragões dos inúmeros mundos e universos dos quais o senhor participou da criação direta ou indiretamente prestam honras ao seu nome. Muito Obrigado!


Vocaloids: Garage Kits, Cosplay, Comic Antology e Ponta no Nintendo DS!!!

Sim, eu sei...tem mais de Miku e turma pra vocês...Lá vai:

- Rolou agora faz pouco a Wonder Festival 2008 Winter, aquela feira de Garage Kits da qual eu falei aqui faz algum tempo. Apesar dos rolos iniciais com as licenças, apareceu muito material da Miku por lá. E claro, MUITO cosplay também. Divirtam-se com as fotos aqui neste link enquanto eu tento ver o preço da Nendroid da Miku...

- E saiu no fim do mês passado Hatsune Miku Comic Anthology volume 1, a primeira coletânea de mangás com Miku, tanto de autores famosos como doujinshi. Há 17 histórias neste volume, feitas por mangakás como Sanjyo Imu, Hiroyuki Utatane, Kurumi Morisaki, Aki Konishi e outros. E nas ilustrações coloridas temos alguns mais conhecidos como E-ji Komatsu (abrindo o post, claro^^), J-ta Yamada, Koutaro, e o titular Kei também não ficou de fora.

Um comentário interessante que deram sobre essa antologia: “Miku é uma personagem que não possui uma ‘personalidade oficial’, então você pode ver muitos tipos de Miku. Porém você verá Negi (aquele feixe de cebolinha verde que ela vive segurando, não aquele guri que lembra o Harry Potter^^) em todas as histórias!” Parece interessante; tomara que algum grupo que costume traduzir doujinshi pegue esse projeto...

- Pra fechar, o game 13-sai no hello work DS para o portátil da Nintendo tem uma ponta da Miku. Não deu pra saber muito, exceto que é um game para a garotada onde se tenta trabalhar. E adivinhe QUEM apareceu na parte onde você tenta se tornar um músico?

Stan Lee Faz One-Shot ...Para a Jump Square II!!!

Tem acontecido muitas coisas insólitas ultimamente. E esta aqui é para os imbecis que gostam de mangá e tem birra contra comics e vice-versa: na mais recente edição da Jump Square foi divulgado que ninguém menos do que o Mestre Stan Lee (simplesmente o pai do Universo Marvel juntamente com Jack Kirby) vai se juntar ao mangaká Hiroyuki Takei (o criador de Shaman King) e fazer um one-shot que será publicado na primeira edição da Jump Square II. Essa nova revista será lançada agora no dia 18 de abril.

Tem muito imbecil que acha mangá (ou comics) “superior”, por um motivo mais imbecil do que o outro. Besteira, pois há autores de um estilo que pegam elementos do outro; não apenas em traço, mas em narrativa. Frank Miller usou muitos elementos de narrativa do mangá quando fez o antológico O Cavaleiro Das Trevas (o Graphic Novel que redefiniu Batman e também os comics a partir dos anos 90). E da mesma forma Nobuhiro Watsuki colocou “homenagens” a personagens de comics em seu Rurouni Kenshin; a bem da verdade sem esses elementos a saga do Battousai perderia mais da metade da graça (bom, acho o voto de não matar de Kenshin pode ser comparado ao Superman ou ao Capitão América...). Por isso que eu leio tanto mangá como comics com o mesmo entusiasmo. E espero pra ver essa parceria de Stan Lee e Hiroyuki Takei ansioso...

Esse nada mais é do que mais uma das várias parcerias que a Jump anda fazendo para criação de uma série de one-shots, só que até agora esses crossovers tinham ficado apenas entre os autores da Jump. E eles resolveram agora chutar o pau da barraca chamando simplesmente uma das lendas vivas que ajudou a criar o que chamamos de história em quadrinhos (tanto faz se é chamada de mangá, comics, fumetti, gibi ou o que seja, ponto).

Ah, pra alegria de todos: a história que vai sair da parceria de Akira “Dragon Ball” Toriyama e Masakazu “I’s” Katsura vai ter o roteiro feito pelo Toriyama e o desenho do Katsura. Nada contra o Toriyama...mas as meninas do Katsura são totalmente excelentes...^^

domingo, março 02, 2008

Osouji Sentai Clean Keeper: Game Com CGs Ecchi...no Nintendo Wii ?!?!?

Não, eu (ainda) não sofri um colapso nervoso de tanto estudar, vocês leram direito. Saíram na Famitsu algumas CGs de um novo game para o Nintendo Wii (foi isso mesmo que você leu, por isso está em destaque...). Osouji Sentai Clean Keeper, é um game da produtora Lupinus (uma subdivisão da Idea Factory, a mesma de Spectral Souls e Generation of Chaos) e tem lançamento previsto para 24 de abril.

A história é básica: você é o encarregado da limpeza em um colégio que fica no Céu, que vem sendo atacada pelo “Demônio da Sujeira” tentando emporcalhar o lugar, e é seu dever impedir isso. Para tal, você precisa ter um bom relacionamento com as Fadas da Limpeza e com as alunas do colégio, e cumprir certas tarefas (provavelmente usando aquele nunckaku doido que é o controle do Wii...eles nunca pensaram em fazer um game do Bruce Lee com aquilo? :P). E como recompensas por essas tarefas você libera CGs beeem sugestivas...Segundo a Famitsu, as CGs não vão mostrar nada explícito (mas acho que a CG acima já dá pro gasto, né?)

A classificação etária do game ainda não foi revelada e não está certo que ele será lançado fora do Japão (eu não acho que vá...mas quem sabe?). É curioso ver isso da Nintendo, visto que na era do Super Nes ela fez coisas como tirar sangue e violência dos jogos; Mortal Kombat 1 para o console que o diga. Mas o antigo “Código de Ética” da Nintendo parece ter ido pro saco faz tempo: afinal, a dona do Super Mario liberou o lançamento de Doki Doki Majo Shinpan (da SNK, só pra lembrar), o game que levou ao pé da letra o slogan “tocar é legal” do Nintendo DS e já tem uma segunda versão a caminho.

Mas acho que eles não chegariam ao ponto de apelar liberando sacanagem no “console para toda a família”; vejam que versões de H-games do PC para PS2 como Fate/Stay Night Realta Nua e Shuffle! On The Stage limaram o conteúdo hentai e substituíram por extras inexistentes no original (Shuffle no PS2 tem rotas para Kareha e Tsubomi, inexistentes no PC, por exemplo).

De qualquer forma, o Nintendo Wii ainda é um console para toda a família...mas ainda quero um PS3 primeiro...^^

Primeiro Tankoubon de Mangá Hentai de Hanaharu Haruko Enfim Publicado!

Muita gente não deve saber, mas Hanaharu Haruko (autor de Kamichu, que já virou anime e cujo mangá terminou faz algum tempo) assim como Oh!Great (Tenjou Tenge e Air Gear) também começou sua carreira de mangaká fazendo hentai. Só que por mais incrível que pareça, até hoje esses mangás nunca foram lançados em formato encadernado (o famoso Tankoubon). Mas agora foi divulgado na mais recente edição da Comic Kairakuten (uma revista de mangá hentai, onde Hanararu publicou bastante coisa) o lançamento do primeiro Tankoubon com mangás desta fase do autor. Claro que é bem provável que publiquem mais alguns, ele trabalhou bastante nesse tipo de mangá antes de Kamichu. Tenho alguma coisa dele aqui (justamente scans da Kairakuten, achei num DVD emprestado aqui) e posso dizer que além do traço ser bom, ele consegue botar um roteiro decente (modo de dizer...:P) em vez de apenas desenhar sacanagem (coisa que ele já faz bem...^^)

Eu não costumo falar de Hentai aqui no blog (salvo quando for num Visual Novel, pois aí tem algum contexto, na maioria das vezes...), mas é bom pois muita gente desconhece que muitos ótimos autores trabalharam fazendo esse tipo de mangá ou também fazendo as CGs de um H-Game; vejam só a Itou Noizi: ela que é tão famosa por Shakugan no Shana e Haruhi Suzumiya é a principal artista da Unisonshift, produtora de títulos como Komorebi, Peace@Pieces e Nanatsuiro Drops (este último virou anime ano passado). Sem contar que quase tudo que é mangaká começou fazendo doujinshi hentai de alguma coisa...eu tenho um feito pela própria Noizi-sensei em cima de Sister Princess...olhem só a capa dele abaixo (e só a capa; já o doujinshi...:P)

E a bem da verdade, esses autores que já fizeram hentai tem um traço pra lá de excelente! A razão é simples: eles TEM que ter um traço excelente para fazer esse tipo de coisa e ficar bom...meio lógico, não? ^^

Lucky Star: Família Hiiragi Registrada Como Residente na Cidade de Washinomiya!

Lá no ano passado eu tinha comentado aqui que algumas cidades citadas em Lucky Star resolveram faturar com turismo graças a publicidade gerada pelo anime...e agora a família das gêmeas Tsukasa e Kagami foi registrada como residentes de Washinomiya (já que a cidade foi citada assim)! E o que é mais engraçado é que eles estão vendendo comprovantes de residência a partir do dia 7 de abril por 300 ienes! Eis um modo curioso de aumentar a receita do município...^^

Segunda Temporada de xxxHolic Começa em Abril!

Eu tinha até me esquecido com o monte de coisa boa nesta nova temporada que em abril também começa a segunda temporada de xxxHolic no canal TBS. Mais uma vez Watanuki vai se meter em mais casos estranhos junto com a excêntrica (e pudim de cachaça nas horas vagas...:P) Yuko em xxxHOLiC: Connections. Muita gente no começo não gostou por causa do estilo não lembrar trabalhos anteriores do grupo. Azar desses fãs de primeira viagem, pois a narrativa é excelente (até teve um episódio escrito por Nishio Isin, que também escreveu o novel Death Note: Another Note) e o anime é excelente.

A nova temporada vai contar com grande parte do staff da primeira: o diretor Tsutomu Mizushima, roteiro de Ageha Ohkawa (antes conhecida por Nanase Ohkawa) e Michiko Yokote, character design de Kazuchika Kise, e animação da Production I.G.

Se seguir o mesmo elenco de dublagem da primeira tempodrada (o que é certo) vamos ver Jun Fukuyama fazendo tanto Watanuki em xxxHolic como Lelouch em Code Geass R2. Atualmente um mesmo seiyuu trabalhar em mais de um anime por temporada é normal, mas há pouco tempo atrás era raro, nos anos dos animes ACG (Antes da CG)...:P

Ah, e aproveitando a deixa: Maru e Moro brincando de Air Guitar!!! (eu tava atrás de uma desculpa pra botar esse vídeo aqui faz tempo.. :P ).

Edição Final da Dengeki Comic Gao é Publicada...

Aqui se confirma o que comentei aqui há poucas semanas: no último dia 27 de fevereiro saiu a edição final da Dengeki Comic Gao, com o apelido "Gao! THE Final". Na capa tinha um recado como “Chegou a hora da despedida” e na contracapa um agradecimento aos leitores: ”Muito obrigado por nos acompanharem nestes 15 anos”, período pelo qual a revista foi publicada.

Mas diferentemente daqui (pra variar), a edição final foi feita em grande estilo em respeito a seus leitores. Com a exceção de sete títulos (que a partir de agora serão publicados na Dengeki Daioh) os demais mangás tiveram seus capítulos finais publicados (em vez de deixar no ar ou coisa assim) e no final da revista foi feita uma retrospectiva contando a história da Comic Gao e dos mangás que passaram por suas páginas nestes 15 anos.

Acho triste ver uma revista como a Comic Gao chegar ao fim, mas pelo menos eles encerraram em grande estilo e com respeito ao leitor, coisa que muitas editoras aqui do Brasil deveriam tomar como exemplo, já que eles têm a péssima mania de cancelar publicações sem dar nenhuma justificativa para quem as comprava regularmente...