sábado, outubro 27, 2007

Melty Blood Actress Again Confirmado: Riezbayfe e Roa se juntam a Porradaria!

Eu já falei em um novo update de Melty Blood, certo? Pois bem, ele finalmente foi confirmado oficialmente. O nome oficial do game é Melty Blood Actress Again (eles devem ter pegado esse nome lá onde os caras da Sunrise pegam nomes para personagens de Gundam...) e vai seguir usando a placa Naomi. E pelo menos desta vez eles ouviram minhas preces e adicionaram (até agora) dois personagens completamente novos! Abaixo eu fiz um pequeno histórico dos dois, para situar eles para quem não conhece muito bem o universo da Type-Moon (ou só conhece dos animes de Tsukihime e Fate/Stay Night), e também para vocês terem material para especular quais vão ser os golpes deles no novo game. Aliás, a identidade desses personagens por si foram duas grandes surpresas.... e BEM inesperadas! Errei feio minhas apostas....^^

A primeira "new challenger" não é ninguém menos que Riesbayfe Stridberg, amiga de Sion que foi morta antes do começo da história de Melty Blood. Ela era conhecida como a Shield Knight da ordem de cavaleiros (Knight) da Igreja. Partiu com Sion e um batalhão da Igreja para destruir um Dead Apostle: Wallachia. Todos acabaram mortos por ele, exceto Sion que foi salva graças ao sacrifício de Reizbayfe. Após isso Wallachia poupa a vida de Sion mas a torna uma como ele (por ela ser uma descendente direta dele), o que causa a ida dela a cidade de Misaki atrás de Arcueid par achar um meio de voltar a ser humana, encontra com Shiki e aí começa a história que todos conhecemos. Como membro da Igreja, a arma de Riezbayfe era a Official Outer Scripture Spear Key (aquele bagulho imenso que ela carrega e parece um escudo), uma Conceptual Weapon (que nega reencarnação e pode matar Dead Apostles) igual a Seventh Scripture que Ciel usa. Na verdade. Riezbayfe JÁ apareceu em Melty Blood faz muito tempo no Last Arc da Vampire Sion graças a uma fração do poder de TATARI dentro dela. Mas desta vez parece que ela surgirá pelo poder do TATARI original, da mesma forma que Nrvnqsr e Satsuki (que morreram em Tsukihime mas reviveram graças a isso).

Um fato curioso sobre rosbife...digo, Riezbayfe: durante o processo de produção do Melty Blood original para PC, ela foi criada para ser a heroína principal do game e também uma rival para Ciel. Mas como a Arcueid já dava conta do recado de atazanar a comedora de curry desde Tsukihime (bem, na verdade é mais o contrário...) e a Type-Moon depois criou a Sion, ela acabou sendo descartada (bom, na verdade descarte de idéias e personagens acontece o tempo todo no processo de desenvolvimento de um game). Mas permaneceu a referência no Last Arc da Vampire Sion e ela é citada na versão Tsukibako do Tsukihime Plus Disc e em Kara no Kyoukai também: no capítulo 6 do livro a madre que pede que Tohko Aozaki (a irmã da Aoko) investigue um caso que ocorre em um colégio feminino tem o nome dela, mas não fica bem claro se é a mesma Riezbayfe de Melty Blood.

Vejam as fotos abaixo, de Melty Blood Act Cadenza vr.B pra refrescar a memória:













O segundo personagem novo não é ninguém menos que Michel Roa Valdamjong, o principal vilão de Tsukihime (game e anime) e um baita calhorda nas horas vagas. É o 28º True Ancestor of Dead Apostles (mas não é reconhecido como um igual pelos outros 27). Um sacerdote da Igreja que vendo seus limites como humano procurou um novo nível de existência. Ele conseguiu se tornar um Dead Apostle enganando Arcueid (na época a mais poderosa dos True Ancestors). Graças a ela ele ganhou o poder de reencarnar indefinidamente sem esquecer quem ele era e seus conhecimentos. Após o incidente Arcueid começou a caçar as reencarnações de Roa pelos séculos. Ele sempre escolhia um indivíduo que seja de família com poder na sociedade e também tenha poderes mágicos ou especiais para reencarnar. Ciel foi um desses casos (potencial mágico) e desde que Arcueid a matou (esse é o principal motivo dela não ir com a cara da Arc) quando “era” Roa, ela também não consegue morrer (a Natureza não permitia até que Roa morresse de vez) e também estava atrás dele. Após Ciel ele reencarnou no corpo do “verdadeiro” Shiki Tohno (o verdadeiro irmão de Akiha; Shiki era do clã Nanaya e foi adotado pelo pai dela) e “matou” Shiki (graças a isso Shiki pode “ver a morte” das pessoas e coisas). Ele foi o responsável direto por praticamente tudo de ruim que aconteceu em Tsukihime, e Shiki destruiu a existência dele com seu poder, acabando com as infinitas reencarnações de Roa.

Mas assim como aconteceu com Nrvnqsr e Satsuki (que também foram destruídos graças ao poder de Shiki e não deveriam mais existir), Roa também (com certeza) retorna graças ao poder de TATARI em Melty Blood Actress Again. As habilidades de Roa além dos poderes normais dos vampiros incluem também uma versão limitada da habilidade de Shiki (que enxerga as “linhas” mas não os “pontos” e por isso só pode destruir coisas vivas), e um misterioso Reality Marble (lembram do Unlimited Blade Works de Archer em Fate/Stay Night?) chamado “Overload” (que ele nunca chegou a usar em Tsukihime); segundo o que eu sei sobre esse universo (e creiam, não há ninguém por aqui que saiba mais que eu^^) esse tal Overload funciona como um tipo de Dragon Install (Sol Badguy, de Guilty Gear), turbinando os golpes e poderes de Roa. Se eles resolverem fazer Roa no game quase tão poderoso como ele deveria ser, há grandes chances dele se tornar também um chefe ou coisa parecida (ainda mais que a White Len tá no posto sozinha faz tempo).

Tirando os dois recém-chegados, temos também a presença dos personagens antigos, provavelmente com alguns golpes novos, como os scans mostram (ainda que com pouca clareza) e tava mesmo na hora deles tomarem vergonha na cara e darem golpes novos para a galera; tirando Aoko, Kouma e White Len eles não ganham nada realmente novo desde a versão ReAct de PC... pelo menos um balanceamento geral no sistema é bem certo: já dá para perceber uma mudança bem drástica com a adição de uma barra de defesa (e com isso Guard Crash) como em Street Fighter Zero3; isso já pode significar além do fim da retranca no jogo (leia-se abuso de Shield Bunker Cancels) que podem aparecer mais mudanças de peso no game.

Outras mudanças já reveladas são um novo Storyline (pelas mãos de Kinoko Nasu, claro), estágios maiores em tamanho, e um tal de Full Moon Style (com ênfase em poder, aguardem mais detalhes) Lengthened Shield, e o Circuit Spark continua (espero que melhorado).

Bom, de qualquer forma o mercado de games de luta vai apresentar um monte de mudanças pra melhor desde o anúncio da produção de Street Fighter 4: agora vai ser a hora das séries que estão na ativa se consolidarem para poder encarar esse nome (por enquanto só o nome; todos sabemos que SF fica bom mesmo na terceira ou quarta revisão, né? :P). A SNKP já tá enfornando KOF XII e KOF ’98 UM, e agora a Type-Moon vem com um novo update de Melty Blood. E é bom que o game ganhe as melhorias que precisa agora; algo no nível da mudança de Guilty Gear Slash para Guilty Gear Accent Core pra conseguir atrair mais jogadores além dos fãs da Type-Moon.

Mas eles podiam botar mais alguns personagens...eu ainda acho que Zelretch e Ryogi Shiki cairiam bem...e mais alguns de Fate também...quem sabe Saber, Archer, Rider...ou mesmo a Kaleido Ruby? (^^)

quinta-feira, outubro 25, 2007

Hatsune Miku agora em versão mangá!


Essa tava no Moonphase : Só pra provar que Hatsune Miku (vai mais lá em baixo no blog pra ficar a par da história...) tá em alta, ela vai ganhar uma série de mangá chamada Hatsune Mix! a partir de janeiro do ano que vem na revista Comic RUSH. O autor será o artista que criou o character design de Miku, KEI (também conheciddo como Kei-Garou).
Só tem uma coisa: eu sei que como ilustrador o KEI é bom (já conheço o trabalho dele há mais ou menos um ano), mas não sei se ele tem muita experiência com mangá (pelo menos profissional, mas não vi ainda um doujinshi dele). Vamos ver no que dá...
De qualquer forma... a essa altura do campeonato, ninguém segura mais a Miku; nem o Google conseguiu ainda! :P

terça-feira, outubro 23, 2007

Telnet licencia seus clássicos para ganharem...versões hentais?!?!?

IMPORTANTE: alguns dos links abaixo são para maiores de 18 anos, não acesse num lugar público como a biblioteca do colégio ou o terminal lá do escritório!!!!


Eu nem imaginava que a Telnet ainda existia. Bom, explicando pros mais jovens: a Telnet Japan foi uma produtora que criou jogos clássicos para o saudoso Mega Drive da Sega, como Arcus Odissey e a série Valis. Mas eles deram sinal de vida...de um jeito que pode irritar alguns de seus fãs clássicos (eu conheço um cara que é fã de Valis que vai ter um treco ao ler isto...ou não :P): eles recentemente andaram liberando os direitos de seus games clássicos para ganharem versões como eroge. Sim, como games hentai! Eles já fizeram isso com Valis X e Arcus X, versões feitas pela produtora Eants. e agora o próximo da lista é Mahou no Shoujo Silky Lip, do Sega CD (um upgrade do Mega para rodar games em CD, um dos pioneiros na era dos cartuchos), desta vez pelas mãos da Waffle. No caso de Silky Lip, o game vai ter duas partes: uma com o remake do game original, com as personagens ainda novinhas (pra não dizer aquela palavra que começa com "L" e termina com "OLIS"), e a segunda parte será com elas já mais crescidinhas e é quando...er, mais coisas de "gente grande" acontecem.

Como costuma dizer um grande filósofo: me caiu os butiá do bolso. Bom, mas se tem ator global fazendo filme de sacanagem hoje em dia, talvez isso seja até fichinha. Mas...e se a moda pegar???

PS: Vai querer torrent, Neil? ^^

domingo, outubro 21, 2007

Youtube: Daybreak's Bell - L'arc En Ciel (Gundam 00 Opening)


Pior que Gundam 00 tá muito bom pelos poucos episódios que vi. Parece que a Sunrise vai mesmo chutar o pau da barraca com essa série. Mas o que me surpreendeu é a volta do L'arc En Ciel fazendo uma música para anime, pra delírio das fujoshi...
De qualquer forma, aí vai o clipe da música Daybreak's Bell que abre o anime. Tá bem aquilo que se espera da banda: música muito boa, periga virar "O" tema do anime, assim como COLORS do FLOW é para Code Geass. Divirtam-se!

sábado, outubro 20, 2007

Arcana Heart: conversão para PS2 e segunda versão para Arcade a caminho!


A versão PS2 de Arcana Heart está pra sair ainda esse mês, mas antes disso a nova versão para Arcades, Arcana Heart 2 foi oficialmente anunciada pela Examu (o novo nome da divisão da Yuki Enterprises responsável pelo primeiro game). Na Arcadia Magazine deste mês foram mostrados uma personagem e uma Arcana novas, alguns sprites redesenhados e algumas mudanças no sistema, como a adição de um quinto botão. É meio estranho que o segundo game saia antes mesmo da conversão do primeiro para consoles domésticos, mas vai entender...

E olha que muitos dizem que Arcana Heart conseguiu a façanha de conseguir equilíbrio e variedade de jogo já no primeiro game (claro, isso contando o update que tanta polêmica causou na época). Muita gente (eu incluso) achou que o game nada mais que pegava um monte de lolis e socou tudo dentro de um jogo para ganhar uns cobres. Mas a empresa que fez Samurai Spirits Tenka fez a lição de casa direitinho e fez um game sólido o bastante para entrar na SBO (o que não é pouca coisa). Pelo menos é o que dizem; eu estou esperando o game sair para PS2 e ver se é isso tudo...mas quem sabe?

Melty Blood Act Cadenza 2: Novo Jogo ou Mania de Update?


No Drama CD All About Type-Moon (que eu já citei aqui no blog) eles deram algumas pistas a respeito, mas agora no DVD Tougeki Damashii vol.7 da Enterbrain a lista de conteúdos do DVD menciona claramente o título (provisório, talvez) Melty Blood Act Cadenza 2. Não acredito que eles tenham a cara de pau de lançar apenas uma simples revisão do game (pequenos updates onde se troca um chip não costumam ganhar tanto destaque assim), mas talvez possamos ter esperanças de um upgrade ou até mesmo uma seqüência que traga personagens novos, e mais de um de preferência.

Tá certo que na Version B entrou uma versão jogável da White Len, mas não era personagem novo. Meu palpite: se eles forem mesmo botar pelo menos um personagem novo será Ryogi Shiki; afinal, tá chegando a hora de sair o primeiro filme de Kara no Kyoukai e é meio óbvio que esse upgrade vai aproveitar os filmes. Também não seria estranho se botassem um ou outro personagem de Fate/Stay Night, talvez Saber (pra promover Fate/Zero, ainda mais que Nitro Royale é horrível) ou mesmo Zelretch, que talvez seja um dos mais fortes candidatos (um Mago Verdadeiro como Aoko, um dos 27 True Ancestors e ainda por cima ensinou o estilo de magia de Rin a um dos ancestrais dela) Bom, de qualquer jeito isso já garante o jogo na SBO ano que vem, e espero que se for mesmo só mais um upgrade, que saia um patch para PC.

O DVD sairá por lá dia 31 de outubro; e pode apostar que logo saberemos do que se trata...
PS: Nessa imagem do Act Cadenza Version B de PC...é impressão minha ou a Aoko nessa roupa não parece o Salsicha do Scooby-Doo?

Vocaloid 2: Hatsune Miku Detona no Japão



Hatsune Miku é uma cantora pop vem fazendo um sucesso arrasador no Japão ultimamente. Vários vídeos da artista vem aparecendo pela Internet com inúmeras performances. Só que tem um detalhe: nenhum paparazzo vai conseguir pegá-la em fotos comprometedoras ou sequer ela vai arrumar problemas com polícia, bebedeiras ou drogas. Simplesmente porque ela não existe. No nosso mundo não, mas no digital...


Vocaloid 2 é um software simulador de canto desenvolvido pela Yamaha. O usuário simplesmente coloca a partitura e a letra da música e o programa dá a música cantada e pronta! Sério! Ele ficou popular na Internet depois do lançamento da segunda versão, Hatsune Miku. Mesmo com o salgado preço de 15.000 ienes, o software alcançou agora em setembro passado a façanha de ficar no PRIMEIRO LUGAR em vendas no site da Amazon japonesa!


O sucesso de Hatsune Miku pegou até mesmo a Yamaha de surpresa; o programa está vendendo tanto que eles não estão dando conta da produção: No Japão, software de produção de música vende normalmente entre 200 ou 300 cópias e se vender em torno de 1.000 já é considerado um sucesso. Mas Hatsune Miku vendeu mais de 3.000 cópias num tapa.


Os criadores estão apontando como principais “culpados” do sucesso de Hatsune Miku os sites de video sharing como o Youtube e Niconico Douga, já que muitos usuários postaram lá seus trabalhos com o software. E muita gente que viu ficou com vontade de fazer o seu também e pra variar foi atrás de uma cópia também.



E alguns músicos profissionais estão encarando a cantora virtual não como concorrência, mas como uma parceria! O principal compositor do grupo ave;new ,dRESS fez uma versão da música “True my Heart” e botou aqui no blog dele. Ele fez todo o processo de criação, e chamou a produtora vocal Netomo Hidemi pro estúdio para ajustar a voz sintetizada de Miku. Sakura Saori, que cantou a versão original da música brincou no seu blog que “uma rival muito forte apareceu”. O tal do dRESS se empolgou tanto que vai tocar um projeto chamado new;LOVELOID usando Miku fazendo a vez de três vocalistas diferentes, e vai até compor músicas originais para o projeto...
E na edição japonesa da revista Playboy deste mês (que está bem melhor que a nacional deste mês :P) tem uma matéria sobre o sucesso da cantora virtual. E se está fazendo notícia em um veículo como a Playboy...

...CLARO que no nicho otaku está fazendo o circo pegar fogo. Oras, você está lendo isso aqui neste blog, não é? Não preciso dizer que uma cacetada de vídeos do Youtube são de músicas de animes e games cantadas pela Miku. Em menos de cinco minutos lá eu achei coisas como temas de Gundam Wing, Haruhi (quero ver se alguém se liga qual é essa...), Lucky Star (esta é do single da Tsukasa) , Mai HiME, músicas de Fate/Hollow Ataraxia (e essa eu gostei!), o tema de Kefka de Final Fantasy 6 , uma de Macross (Ai Oboete Imasu Ka...caraca, só eu me lembro de Macross? Tô véio, eh...), uma música de Frank Sinatra (Fly Me To The Moon, encerramento de Evangelion), uma do filme Full Metal Jacket do Stanley Kubrick (me esqueci do nome em português), e mais uma cacetada de coisa que dá pra achar em 10 minutinhos fuçando no Youtube...

E além de eventos como este, exclusivamente para músicas feitas com o software, como era de se esperar os grupos de doujin estão a todo vapor: um grupo está fazendo um eroge estrelando Miku, Oshiete! Darling . E no blog Otaroad foi divulgado que dentre os doujinshi a venda no Sunshine Creation, os com Hatsune Miku são os que mais estão vendendo.

Fora isso, tivemos algumas coisas como uma roupa da menina leiloada por 25.000 ienes em um leilão do Yahoo. Também criaram o video channel Mikuseg, exclusivamente para vídeos com Miku diretamente do Youtube.

O que mais posso dizer? Tái mais uma coisa pra fazer um monte de barulho. Ou melhor, música. Não duvide do seguinte: muita gente por aqui vai descobrir sobre Hatsune Miku (ainda mais depois de ler esse meu post) baixar um torrent do programa (pois o precinho...) e fazer sua própria música pop...ah, e se você fizer um me mande um link que eu posto aqui no blog se ficar legal^^